Porta Paralela

Porta Paralela.
Direito autorais 2007: Juan Carlos Galarza Roca

Esta informação faz parte do Livro: "a porta paralela como interface de Entrada / Saída"

Aquisição de dados analógicos com o temporizador NE555 (NE 555)

www.globu.net

Aquisição de dados analógicos com o temporizador NE555

Ler sinais analógicos, é necessário fazer a conversão respectiva a sinal digital.  O temporizador NE555 gera pulsos variáveis (ele tem como resposta uma freqüência) a partir de duas resistências e um condensador.  Este foco de aquisição de dados insinua os passos seguintes:

 

1. Adaptar a variável física em estudo de forma que ele se comporta como resistência elétrica
2. Calcular os valores da resistência restante e o condensador
3. Conectar a saída do temporizador para um dos pedaços da inscrição estatal
4. Elaborar um programa que calcula a freqüência a partir dos pulsos de entrada
5. Levar a cabo as medições com valores famosos de referência
6. Construir um modelo de transformação de freqüência à variável em estudo (regressão, interpolação)

Descrição do temporizador NE555

1
Fig. Temporizador NE555

Alimentando

Vcc 5 volts         
Moido terra

A fonte de 5 volts para alimentar este circuito a pessoa pode obter diretamente da fonte de poder do PC, ou do porto de jogos (ver fonte de alimentação).

                                        
 Circuito genérico

2
Fig. Circuito genérico

Modo de operação

O temporizador NE555 gera um pulso de acordo com os valores de duas resistências e um condensador.

A fórmula seguinte é usada para calcular o período deste pulso.

3

Onde: 


Ra

:

Valor da resistência conectada para o anseia 7 e 8

Rb

:

Valor da resistência conectada para o anseia 2 e 7

Boné

:

Valor do condensador conectado polarizado para terra e o anseia 2 e 6

Como exemplo, é avaliado o formula com os valores seguintes:
    
     Ra: 540 ohm
     Rb: 620 ohm
     Boné: 1 microfarad = Farads4

Sendo
    
     5

T = 0.00123354 segundos

O do qual gera um pulso com uma freqüência
    
     6
     7

A freqüência calculada pode diferir da freqüência que é erudito do temporizador NE555 para os efeitos da temperatura como muito nas resistências como no condensador deste circuito.

Em um caso de aplicação prática, ele ficará fixo a resistência Ra e Condensador, assim a variável aquele estudos são a resistência Rb.  Como varia esta resistência, o temporizador gerarão freqüências diferentes.  A freqüência gerada está em função das variações da resistência em estudo.

Programando

O algoritmo seguinte permite ler e calcular a freqüência gerou pelo temporizador NE555.
/* Começando */
ctd_pulso_alto = 0
ctd_pulso_bajo = 0
leer_tiempo_del_sistema

/* Cacho principal */
enquanto o tempo caduco não superou 1 segundo para fazer
começando
se bit_leido é então em alto
começando
                        ctd_pulso_alto = ctd_pulso_alto+1
enquanto bit_leido fazem em alto
começando
fim
fim
se bit_leido é então dentro abaixo
começando
ctd_pulso_bajo = ctd_pulso_bajo+1
enquanto bit_leido é dentro debaixo de fazer
começando
fim
fim
fim {do tempo}

/* Cálculos */
freqüência: = (ctd_pulso_bajo de pulso_alto+ de ctd_) /2

/* Fim */
fim

Exemplo para um bolbo de temperatura (termômetro digital)

Neste exemplo eles estão definidos as variáveis do circuito genérico levar a cabo a leitura de temperatura com o uso de um termoresistencia.

O termoresistencia que é usado foi obtido do bolbo de temperatura do sistema de controle de refrigeração de um automóvel.

Logo o circuito é descrito com os parâmetros específicos desta prática.

Circuito prático

8
Fig. Práticas de circuito

O termoresistencia (bolbo) varia sua resistência de acordo com a temperatura.  Ao variar esta resistência, o circuito também gera uma variável de freqüência. 

Neste caso específico, é mais simples para levar a cabo umas séries de medições com ajuda de um termômetro, assim ela registra a freqüência respectiva por cada medição. 

Os dados seguintes foram obtidos com um circuito como o previamente descrito, e com ajuda de um termômetro de mercúrio

Dados experimentais:

Temperatura
(graus centígrados)

Freqüência
(hertz)

120.0

1500

89.0

870

82.0

820

70.0

725

60.0

640

40.0

460

35.8

420

33.8

405

30.0

366

27.0

339

24.7

318

22.5

297

20.2

280

10.0

204

0.0

135

A partir destes dados você pode usar o algoritmo de interpolação seguinte:

/* Eles estão definidos os tipos de dados */

digite puntos=es uma inscrição com os tipos x, e de real tipo

e dados são uma variável daquele tipo
 
dados são um arranjo de 1 para 50 de pontos de tipo

/* Começando */
Carregar os dados vetoriais [i] .x e dados [i] .y com os valores do quadro de
Dados experimentais.

Tama_vector tem o número de linhas do quadro de dados experimentais

/* construir a função */
funcione para interpolar (com num_buscado de parâmetro de real tipo) lucros um fato de real tipo
i variável de tipo Inteiro
                               x1, x2, y1, y2 de Real tipo,
                               saída de Real tipo
                               deixa tipo Booleano
começando
i=1
sale=falso;
enquanto (i & lt; tama_vector) e (sale=false) fazer
começando
se (num_buscado & gt; = dados [i+1] .y) e
(num_buscado & lt; = dados [i] .y) então
começando
x1=datos [i] .x
y1=datos [i] .y
x2=datos [i+1] .x
y2=datos [i+1] .y
sale=verdadero
fim
                               i=i+1
fim
salida=0
se parte que é então verdade
começando
saída = (x2-x1) / (y2-y1) * (num_buscado-y1) + x1
fim
interpolar=salida
fim
/* Usar */
Previamente chamar à função com a freqüência erudita
Desdobrar, fazer gráfico, etc.
/* Fim */

 

Esta información es parte del Libro: "El Puerto Paralelo como interface de Entrada/Salida"
Contenido del Libro:

 

 

Novedades en nuestro Blog: Blog Puertos Paralelos
Comentarios, aportes, consultas, visite nuestro Foro: Foro Puerto Paralelo
Puertos paralelos PCI

Sitios recomendados:
Secado de Madera utilizando el Puerto Paralelo
Hidroponia - Hidropónico
Un poco de Seguridad Ciudadana
 

IR A LA PAGINA PRINCIPAL DEL PUERTO PARALELO

Conector Puerto Paralelo hembra DB25

Google
 

Home